Multas podem ter desconto em troca de serviços ambientais

Por uma necessária introdução ao direito dos desastres ambientais
3 de julho de 2015
Delton Carvalho dá seu parecer sobre as mudanças no novo Código Florestal Brasileiro
22 de março de 2018
Mostrar tudo

Multas podem ter desconto em troca de serviços ambientais

Especialistas no segmento de Direito Ambiental, os advogados Délton Winter de Carvalho e Rodrigo David esclarecem sobre as recentes modificações normativas acerca dos critérios de aplicação da conversão de multa em serviços ambientais.

Trata-se do Decreto Federal nº 9179/2017, publicado em outubro de 2017, que regulamenta e autoriza a conversão de multas ambientais em serviços que beneficiam o meio ambiente, oferecendo descontos que vão de 35% (caso o autuado opte por efetuar projeto próprio de recuperação) a 60% (caso o autuado escolha financiar projeto já conveniado com o IBAMA e a critério deste) sobre o valor da sanção.

 

Confira os serviços ambientais que permitem oferecer desconto nas multas (elencados no art.140 do Decreto):

  • Recuperação de áreas degradadas para recuperação de processos ecológicos essenciais; recuperação de vegetação nativa;
  • Recuperação de áreas de recarga de aquíferos;
  • Proteção e manejo de espécies da flora nativa e da fauna silvestre;
  • Monitoramento da qualidade do meio ambiente e desenvolvimento de indicadores ambientais;
  • Mitigação ou adaptação às mudanças do clima; manutenção de espaços públicos que tenham como objetivo a conservação, a proteção e a recuperação de espécies da flora nativa ou da fauna silvestre e de áreas verdes urbanas destinadas à proteção dos recursos hídricos;
  • Educação ambiental e promoção da regularização fundiária de unidades de conservação.

 

No entanto, conforme o art. 141, o infrator permanece obrigado a realizar a recuperação total da área por ele degradada, não podendo tais serviços de reparação serem utilizados para conversão da respectiva  multa. Para receber o desconto, ele deve recuperar uma área que não tenha degradado.

Para usufruir o programa de conversão de multas, é preciso demonstrar interesse até o momento da apresentação das alegações finais no processo administrativo referente à autuação. Após o órgão ambiental aceitar a proposta, o infrator deve preparar o Termo de Compromisso Ambiental.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>